bet zone angola

bet zone angola - Jovem deixou Inteligência Artificial procurar a mulher da sua vida. Agora, vai casar-se - Notícias de hoje - bet zone angolabet zone angola - Jovem deixou Inteligência Artificial procurar a mulher da sua vida. Agora, vai casar-se - Notícias de hoje - bet zone angola

Jovem deixou Inteligência Artificial procurar a mulher da sua vida. Agora, vai casar-se

Inteligência Artificial uniu casal depois de analisar perfis de mais de 5 mil mulheres. Agora, estão noivos e vão casar-se em breve

bet zone angola
8 fev, 12:16
casal AI capa (1)
casal AI capa (1)

Encontrar um parceiro amoroso no Tinder parece que rapidamente vai ser um método do passadp. Aleksandr Zhadan, um jovem russo, terá levado o mundo dos encontros para outro patamar. Quando em 2021 vivia um período de solidão e o fim de uma relação amorosa, tomou a decisão comum à maioria das pessoas que hoje se veem sozinhas: começou à procura de namorada no Tinder.

Porém, perante os desafios, o jovem decidiu inovar, como conta o site Gizmodo, transformando o ChatGPT da OpenAI no seu assistente de namoro. Segundo contou a vários meios de comunicação da área da tecnologia, acabou por desenvolver um programa que se envolveu em mais de 5200 conversas com mulheres no Tinder, tendo combinado mais de 100 encontros. No final, conduziu-o ao encontro daquela que é hoje a sua noiva.

O programa que desenvolveu só não imitava o seu estilo de comunicação, como compreendia os seus interesses e até agendava os encontros com base na informação da sua agenda da Google. O jovem ‘treinou’ o programa para ‘gostar’ de mulheres alinhadas com os seus interesses e preferências e a filtrar perfis com características a excluir, como fotografias de bebidas alcoólicas ou signos do zodíaco que não lhe interessavam.

Em mais de 5 mil mulheres, o programa afunilou a pesquisa e apontou apenas uma mulher ideal: Karina Vyalshakaeva. O casal fez ‘match’ em 2022 e a jovem sabe agora que conversou com o ChatGPT nos primeiros meses de conversa com o atual namorado.

À medida que o relacionamento avançava, Aleksandr reduziu gradualmente a participação do ChatGPT e passou a ser ele quem conduzia a conversa. Rapidamente a ligação passou para vida real e hoje o casal já partilha casa, está feliz e vai casar-se (com a ajuda do ChatGPT no planeamento, dizem).

Este programa ainda não saiu da esfera pessoal deste jovem, mas segundo o próprio, foi bastante dispendioso. Aleksandr terá gastado milhares de dólares no projeto. No entanto, a noiva acredita que assistentes de namoro baseados em IA podem ser uma ferramenta valiosa para outras pessoas, desde que sejam genuínas sobre o que procuram.

RELACIONADOS
Mais Lidas
bet zone angola Mapa do site

1234