slots catalog

slots catalog - Quais as diferenças? - Notícias de hoje - slots catalogslots catalog - Quais as diferenças? - Notícias de hoje - slots catalog

Seguro, plano e cartão de saúde: Quais as diferenças?

Qual é a diferença entre ter um seguro de saúde e um plano ou cartão de saúde? Neste artigo, fique a conhecer a resposta.

Doutor Finanças
4 out 2023, 15:38
Médico Foto: Tung Nguyen/Pixabay
Médico Foto: Tung Nguyen/Pixabay

Seguro de saúde: O que é e os seus prós e contras

Umseguro de saúde é um contrato realizado entre uma pessoa e uma seguradora, que assegura o acesso a cuidados médicos no setor privado a um preço inferior ao que pagaria sem esta apólice.

Através de um seguro de saúde é possível ter acesso a consultas, exames, internamentos, cirurgias e tratamentos realizados em consultórios, clínicas e em hospitais privados. E todos estes serviços ficam a um preço mais reduzido.

Quanto ao valor do prémio do seguro, este depende muito do plafond que contratou, das coberturas e da sua idade.

Embora o seguro de saúde seja o produto mais completo nesta área, tem os seus prós e contras. Como vantagens, pode escolher a periodicidade de pagamento (mensal, trimestral ou anual), optar pelo médico à sua escolha no hospital ou clínica que quiser e pagar apenas uma parte das despesas, seja através de um sistema de reembolso ou de copagamento.

Em termos de desvantagens, os seguros de saúde são mais caros comparados com os planos ou cartões de saúde. Além disso, têm um período de carência, em que tem de esperar algum tempo até poder usufruir dos seus benefícios, é necessária uma pré-autorização para determinados atos médicos, e o prémio anual aumenta consoante a idade.

Plano e cartão de saúde: Qual é a diferença de ter um seguro?

Um plano de saúde e um cartão de saúde não são produtos muito diferentes. Os planos de saúde dão acesso a uma rede de prestadores de serviço, onde tem direito a usufruir de consultas médicas a baixo custo, de acordo com o pagamento mensal. Já os cartões de saúde funcionam de forma semelhante, uma vez que são idênticos a qualquer tipo de cartão de descontos, mas para a utilização de serviços médicos, como consultas de especialidade, enfermagem e, em poucos casos, alguns exames.

No entanto, tanto os planos como os cartões de saúde não cobrem internamentos e muitos dos exames que pode precisar de realizar.

Falando de vantagens, estes dois produtos não têm período de carência, limite de idades e exclusões por doenças anteriores. Ou seja, para certas pessoas que querem ser acompanhadas numa doença crónica, ou por já terem uma idade mais avançada, não vão ser penalizadas por isso. É ainda de salientar que o custo destes dois produtos é mais baixo em comparação a um seguro de saúde, não sendo necessário na maioria dos casos preencher um questionário clínico.

Quantas às desvantagens, a rede de prestadores de serviço é bastante limitada em comparação a um seguro de saúde. Já em termos de coberturas, estas também são bastante escassas, sendo o principal foco dos planos e cartões de saúde as consultas.

Como saber qual a opção mais vantajosa?

Se tem dúvidas se deve contratar um seguro, um plano ou um cartão de saúde, primeiro deve pensar na sua utilidade. Ou seja, pense no que precisa atualmente, mas também nas suas necessidades futuras.

Por exemplo, quer um produto que cubra um parto, uma cirurgia, exames mais específicos que pode vir a necessitar? Então um seguro de saúde é a opção adequada para si.

No caso de ter uma idade mais avançada ou se precisar de tratamentos para uma doença pré-existente, um plano ou um cartão de saúde podem ser a solução mais indicada.

Contudo, antes da subscrição, analise o mercado, peça simulações de preços, reflita sobre as coberturas que necessita e depois tome uma decisão com base nestas informações.

RELACIONADOS
Mais Lidas
slots catalog Mapa do site

1234